Newsletter

Autenticação
Pessoa PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

TPN2

 

No palco, despido de cenário e ocupado com o mínimo indispensável - pouco mais que uma pequena arca, uma mesa e alguns bancos – pretende-se colocar perante a contemplação do público uma sucessão de quadros que o subjugue pela deambulação dos corpos, pelo simbolismo das imagens, pela angústia, pela surpresa e pelo mistério que o movimento produz e sustenta, ou ainda pelas palavras ditas com o desígnio de alcançarem múltiplas ressonâncias dentro de cada um de nós.
Procurámos, assim, construir um espectáculo que, impregnado pelo sentido das palavras de Álvaro de Campos, pudesse ser “Qualquer coisa que nada tornasse útil, ou feia, / uma sombra num chão irreal, um sonho num transe”.
Este é o ritual PESSOA. Celebramo-lo com toda a disponibilidade do nosso espírito, desejando que o espetador possa também experienciar connosco esta solenidade contemplativa de tributo ao poeta e à poesia.

 

 
Faixa publicitária